Para mim, o caminho até o destino também é a definição de sucesso. No final da carreira, é muito importante estar feliz consigo mesmo, com o que realizou e com o fato de ter alcançado seu potencial máximo.

“É uma honra e este relógio ficará para sempre na minha memória.”

Belinda Bencic está deixando sua marca no tênis.

Em 2014, aos 17 anos, chegou às quartas de final do US Open, tornando-se, pela primeira vez em mais de 15 anos, a jogadora mais jovem a chegar a essa fase da competição. Após as lesões que interromperam seu progresso, a atleta suíça voltou à forma em 2019. Disputou sua primeira semifinal de Grand Slam® no US Open, ganhou dois títulos e chegou às semifinais do WTA Finals, torneio que encerra a temporada, terminando entre as 10 melhores do mundo. Mais recentemente, ela se tornou a primeira suíça a conquistar o ouro no torneio de simples dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Compartilhe esta página