baselworld_2019_new_sea-dweller_video_cover_0001.mp4

Novos relógios 2019 Sea‑Dweller

O relógio
das grandes profundidades

A Rolex apresenta uma nova modalidade do seu Oyster Perpetual Sea‑Dweller, fabricada em versão Rolesor amarelo – combinação de aço Oystersteel e ouro amarelo 18 quilates. Esta nova referência marca a entrada do ouro amarelo 18 quilates na linha Sea‑Dweller.

baselworld_2019_new_sea-dweller_video_autoplay_0001.mp4
New Rolex Sea-Dweller

INSTRUMENTO DE
EXPLORAÇÃO SUBAQUÁTICA

O Sea-Dweller (literalmente “habitante do mar” em inglês) foi projetado em colaboração com os pioneiros do mergulho profissional em grande profundidade e de longa duração.

Este relógio-ferramenta ultrarresistente acompanhou os primeiros programas experimentais de vida subaquática, conduzidos em habitats submarinos.

INSTRUMENTO DE EXPLORAÇÃO SUBAQUÁTICA

O Sea-Dweller (literalmente “habitante do mar” em inglês) foi projetado em colaboração com os pioneiros do mergulho profissional em grande profundidade e de longa duração.
Este relógio-ferramenta ultrarresistente acompanhou os primeiros programas experimentais de vida subaquática, conduzidos em habitats submarinos.

Ele desempenhou um papel essencial na conquista do fundo do mar, graças à sua caixa Oyster inicialmente impermeável até 610 metros (2.000 pés); depois, a partir de 1978, até 1.220 metros (4.000 pés); e graças a uma inovação decisiva patenteada pela Rolex: a válvula de hélio, integrada na lateral da caixa.

Cerâmica de alta tecnologia

A Rolex desempenhou um papel pioneiro no desenvolvimento de cerâmicas especiais para a fabricação de lunetas monoblocos e discos de luneta monoblocos. Particularmente resistentes a arranhões e à corrosão, esses novos materiais apresentam cores inalteráveis e de rara intensidade.

CERÂMICA DE
ALTA TECNOLOGIA

A Rolex desempenhou um papel pioneiro no desenvolvimento de cerâmicas especiais para a fabricação de lunetas monoblocos e discos de luneta monoblocos. Particularmente resistentes a arranhões e à corrosão, esses novos materiais apresentam cores inalteráveis e de rara intensidade. A marca desenvolveu know-how e métodos de fabricação de alta tecnologia, exclusivos e inovadores, que lhe permitem produzir esses componentes em cerâmica de forma totalmente independente.

Na nova modalidade do Sea-Dweller, a luneta giratória unidirecional é munida de um disco Cerachrom graduado 60 minutos em cerâmica preta, que permite aos mergulhadores ler com toda segurança seu tempo de imersão. As graduações e os indicadores, moldados em baixo-relevo, são preenchidos por depósito de ouro amarelo segundo a técnica PVD (Physical Vapour Deposition, depósito físico em fase de vapor). Graças a seu contorno canelado, que oferece excelente aderência, a luneta pode ser manipulada confortavelmente mesmo que o usuário esteja usando luvas.

CAIXA OYSTER E VÁLVULA DE HÉLIO

A caixa Oyster das novas modalidades do Sea-Dweller, exemplo de robustez e de elegância, garante a impermeabilidade até 1.220 metros. Sua carrura é trabalhada em um bloco maciço de aço Oystersteel particularmente resistente à corrosão.

CAIXA OYSTER E
VÁLVULA DE HÉLIO

A caixa Oyster das novas modalidades do Sea-Dweller, exemplo de robustez e de elegância, garante a impermeabilidade até 1.220 metros. Sua carrura é trabalhada em um bloco maciço de aço Oystersteel particularmente resistente à corrosão.
O fundo com caneluras finas é rosqueado hermeticamente, graças a uma ferramenta especial que permite somente aos relojoeiros da Rolex o acesso ao mecanismo.

A coroa Triplock, equipada com um sistema de tripla impermeabilidade e munida de protetores forjados na carrura, é firmemente rosqueada à caixa. O vidro, ao qual se sobrepõe a lente de aumento Cyclops às 3 h para melhorar a leitura da data, é de safira praticamente à prova de arranhões. Totalmente impermeável, a caixa Oyster protege seu mecanismo de alta precisão de maneira otimizada.
A válvula de hélio, patenteada pela Rolex em 1967, atua como uma válvula de segurança. Ela permite o escape, durante as fases de descompressão em câmara hiperbárica, de um excesso de pressão acumulada no interior da caixa durante o mergulho, preservando a impermeabilidade do relógio.

CALIBRE PERPETUAL 3235

A nova modalidade do Sea-Dweller é equipada com o calibre 3235, mecanismo mecânico de nova geração, inteiramente desenvolvido e manufaturado pela Rolex.

PERPETUAL
CALIBRE 3235

A nova modalidade do Sea-Dweller é equipada com o calibre 3235, mecanismo mecânico de nova geração, inteiramente desenvolvido e manufaturado pela Rolex. Condensado de tecnologia na vanguarda da arte relojoeira, este mecanismo mecânico de corda automática foi objeto de vários depósitos de patentes. Ele oferece vantagens fundamentais em matéria de precisão, autonomia, resistência a impactos e a campos magnéticos, confiabilidade e conforto durante o uso.

O calibre 3235 contém o escape Chronergy, patenteado pela Rolex, que combina um alto rendimento energético com uma grande segurança de funcionamento. Fabricado em níquel-fósforo, este escape é imune a campos magnéticos. O mecanismo também contém uma versão otimizada da espiral Parachrom azul, produzida pela marca em uma liga paramagnética exclusiva, que a torna até dez vezes mais precisa do que uma espiral tradicional em caso de choques. A espiral Parachrom azul é munida de uma curva terminal Rolex, que assegura a regularidade de funcionamento em todas as posições.
O oscilador é montado sobre amortecedores Paraflex de alto desempenho, desenvolvidos e patenteados pela Rolex, que oferecem ao mecanismo uma resistência aos choques aumentada. O calibre 3235 é movido por um módulo de corda automática através do rotor Perpetual. Graças à arquitetura de seu tambor e ao desempenho superior de seu escape, ele possui uma reserva de corda de aproximadamente 70 horas.

O relógio que conquistou as profundezas

Universo do Sea-Dweller