Os novos territórios do Explorer

Concebido para a exploração

A Rolex apresenta suas mais recentes criações, frutos de seu know-how único.

Entre elas, destacam-se o Explorer e o Explorer II de nova geração, relógios que nos levam do cume das montanhas às mais remotas regiões polares.

O Explorer nasceu sobre o Teto do Mundo. Ele foi elaborado com a colaboração de alpinistas legendários. Seu laboratório natural: o Himalaia e seu ponto mais alto, o Everest.

Desde então, o Explorer jamais deixou de evoluir para melhor atender às necessidades dos exploradores. Cada vez mais sólido. Cada vez mais legível. Ele soube se adaptar aos ambientes mais extremos, onde controlar o tempo é, muitas vezes, uma questão de sobrevivência.

Os relógios da linha Explorer conquistaram todas as dimensões da exploração.

Dos cumes das montanhas às profundezas da Terra, do frio ártico à ebulição dos vulcões. Dessa forma, o Explorer II, graças à sua exibição 24 horas, tornou-se o relógio de referência para exploradores polares, espeleólogos e vulcanólogos.

O Explorer e o Explorer II de nova geração se inscrevem nessa pesquisa perene pelo aprimoramento, nessa busca permanente pela excelência. Sem jamais perder de vista o desempenho, componente essencial da linha, eles também sabem ser elegantes.

Dessa maneira, o Oyster Perpetual Explorer está disponível em versão Rolesor amarelo. Combinação de aço Oystersteel e ouro 18 quilates, o Rolesor, verdadeira assinatura da Rolex, materializa com perfeição essa aliança entre a força e a elegância.

No que diz respeito ao aço Oystersteel – uma liga única, de robustez incomparável e limpidez inigualável –, ele continua sendo um elemento fundamental das caixas e das pulseiras dos modelos Explorer. Inoxidável, concebido para as condições mais extremas, ele contribui para fazer do Oyster Perpetual Explorer II o instrumento ideal para todos os exploradores.

Descubra muito mais

Compartilhe esta página