Atualização do navegador necessária

Bem-vindo(a) ao site rolex.com. A fim de lhe proporcionar a melhor experiência possível no site rolex.com, é necessário que o seu navegador seja atualizado. Por favor, utilize a versão mais recente disponível para navegar em nosso site.

Siga a Rolex no WeChat por meio da leitura do código QR.

Tim Henman

TODO ROLEX CONTA UMA HISTÓRIA

Tim Henman é um dos tenistas britânicos mais bem-sucedidos, classificado como n°1 nacional em 1996, e novamente de 1999 a 2005. Caçula de três irmãos, ele começou jogar antes de completar três anos de idade. Sua família possui uma longa tradição no tênis: seu avô, sua avó e sua bisavó jogaram em Wimbledon. A vez de Henman chegou quando ele venceu sua primeira partida em um Grand Slam® em 1995. Ele disputou quatro semifinais em Wimbledon. No entanto, a primeira vez que ele viu as quadras de Wimbledon foi há muito tempo atrás, um dia que ele e sua mãe jamais esquecerão. Foi também o dia em que ele descobriu a Rolex.

Rolex e Tim Henman - Todo Rolex conta uma história
Descubra a história de Tim Henman com a Rolex. O tenista britânico e Embaixador Rolex fala sobre a importância do seu primeiro relógio Rolex.

“Cada vez que eu entrava na quadra, me via como o garoto de seis anos de idade que tinha um sonho.”

Eu me lembro de cada detalhe do dia em que visitei Wimbledon pela primeira vez, em 1981. Eu poderia até descrever o que estava vestindo. Era uma segunda-feira, dia de abertura do campeonato. Eu tinha 6 anos. Minha mãe e eu tivemos a sorte de encontrar dois lugares na Quadra Central. Quando Björn Borg, que defendia o título pela quinta vez, entrou na quadra, fiquei impressionado. Acho que o que mais me impressionou foi vê-lo ganhar! E, quando se é criança, é muito mais divertido apoiar alguém que está ganhando, então, ele foi meu primeiro ídolo do tênis. Foi aí que tomei a única decisão sobre mnha carreira. Eu sonhava em jogar em Wimbledon.

Eu venho de uma família de tenistas, minha mãe era jogadora de tênis júnior, meus avós jogaram em duplas mistas em Wimbledon e até a minha bisavó jogou lá no início dos anos 90. Minha bisavó foi a primeira a servir por cima e minha avó foi a última a servir por baixo em Wimbledon.

"Eu não sei ao certo se meus pais acreditavam que eu poderia ser um bom tenista, mas eles queriam me dar uma oportunidade, pois viam o quanto isso significava para mim.”

O relógio Rolex do Tim Henman

Como eu era o menor, o mais fraco e o mais lento da minha família, tive que aprender a competir para poder acompanhá-los. Eu não sei ao certo se minha mãe e meu pai acreditavam que eu poderia ser um bom tenista, mas eles queriam me dar uma oportunidade, pois viam o quanto isso significava para mim, como meu desejo e amor pelo esporte eram incontestáveis. Meu ambiente familiar foi o fator determinante para o meu crescimento pessoal.

Quando finalmente tive a oportunidade de jogar em Wimbledon, fiquei muito entusiasmado. Eu mal podia esperar para chegar lá, queria me divertir, e tinha me preparado muito bem para aquele momento. Cada vez que eu entrava na quadra, me via como o garoto de seis anos de idade que tinha um sonho.

Foi naquele dia de 1981 que vi pela primeira vez um relógio Rolex na Quadra Central e perguntei à minha mãe o que era Rolex. Pela primeira vez desejei e tive a esperança de um dia ter o meu próprio Rolex. Trinta e dois anos mais tarde, finalmente pude comprar meu primeiro Rolex, este que estou usando. Ele significa muito para mim, valeu a pena esperar.

"Foi naquele dia de 1981 que vi pela primeira vez um relógio Rolex na Quadra Central e perguntei à minha mãe o que era Rolex."

Quando olho para meu relógio hoje, na minha mente volto a ser o garoto de 6 anos sentado na arquibancada com minha mãe. Ela tem fotos daquele dia e creio que ainda temos os ingressos em casa. Quando me perguntaram se eu gostaria de contar alguma história a respeito do meu relógio, eu contei para ela e perguntei: “Você se lembra?” E ela respondeu: “Me lembro como se fosse ontem”.

Descubra as suas histórias

#EveryRolexTellsAStory