O Mergulho Mais Profundo

Rolex e o Pioneirismo

Em janeiro de 1960, a Rolex acompanhou o batiscafo Trieste no mergulho histórico promovido pela Marinha americana rumo à fossa das Marianas, alcançando 10.916 metros de profundidade.

Trieste - Rolex e o Pioneirismo
play/pause mute/unmute
O batiscafo submersível Trieste mergulhou 10,916 metros até o fundo do oceano em companhia da Rolex. Descubra muito mais sobre Rolex e o pioneirismo no site oficial da Rolex.

PROJETO NEKTON

O Mergulho Mais Profundo

O BATISCAFO TRIESTE

O Mergulho Mais Profundo

64 MERGULHOS

O Mergulho Mais Profundo

No início de 1958, a família Piccard vendeu o Trieste à Marinha americana. Jacques foi contratado como consultor, prestando treinamento às equipes para a manutenção e operação do batiscafo. A esfera do Trieste – originalmente desenvolvida para resistir à pressão da água a 6 mil metros de profundidade – foi então ampliada e aperfeiçoada para suportar as condições de pressão a 11 mil metros. Ao todo, foram realizados 64 mergulhos, até que o Trieste e sua tripulação fossem considerados prontos para a experiência suprema.

TESTES RIGOROSOS

O Mergulho Mais Profundo

AN UNEQUALLED RECORD

O Mergulho Mais Profundo

A DEPRESSÃO CHALLENGER

O Mergulho Mais Profundo

ROLEX DEEP SEA SPECIAL

O Mergulho Mais Profundo

Desde 1926, quando Hans Wilsdorf, fundador da Rolex, deu o nome de “Oyster” ao primeiro relógio de pulso impermeável, a empresa vem se dedicando à pesquisa de ferramentas usadas por profissionais que trabalham em condições extremas. O Deep Sea Special, por exemplo, foi desenvolvido para demonstrar a eficiência da impermeabilidade dos modelos Oyster.

O Submariner (lançado em 1953) e o Sea-Dweller (lançado em 1967), descendentes diretos do Deep Sea Special, ofereceram pela primeira vez, àqueles que não trabalham nas áreas de ciências e pesquisas, a oportunidade de conhecer a maravilha técnica produzida pela Rolex. Ambos se tornaram parte do equipamento indispensável das expedições subaquáticas realizadas por mergulhadores profissionais da COMEX, empresa francesa especializada em pesquisas submarinas, com quem a Rolex trabalhou para aperfeiçoar relógios especificamente desenvolvidos para mergulho. Graças à aventura do Trieste, os relógios Rolex foram incorporados à consciência profissional coletiva e, desde então, têm merecido a confiança da comunidade científica.

Leia mais
PESQUISAS SUBMARINAS

PESQUISAS SUBMARINAS

O Mergulho Mais Profundo

A Rolex sempre manteve uma política de incentivo aos mais eminentes cientistas do mundo no desenvolvimento de suas pesquisas, cultivando relações duradouras com alguns dos mais célebres pioneiros da oceanografia. Jacques-Yves Cousteau, explorador revolucionário, conquistou renome internacional com seu trabalho de estudo dos oceanos.

Como ele, Sylvia Earle, intrépida bióloga marinha americana, ressalta a importância das pesquisas exploratórias para a sobrevivência do ser humano no planeta. “Dependemos dos sistemas naturais que nos sustentam. Se cuidarmos dos oceanos e do resto do mundo natural que nos cerca, estaremos, na verdade, cuidando de nós mesmos”. Representando mais de sete mil horas de trabalho no fundo do mar, a experiência da Dra. Earle é uma contribuição inestimável para a missão vital de educação da humanidade.

Leia mais

Descubra muito mais

Gostaria de saber mais sobre a Rolex e o Pioneirismo?